Você está aqui: Página Inicial / Índice de Governança Municipal é apresentado em Aracaju

Índice de Governança Municipal é apresentado em Aracaju

por Helena publicado 11/11/2017 00h00, última modificação 06/12/2017 17h20

Na manhã da sexta-feira, 10, foi apresentado pela primeira vez o Índice CFA de Governança Municipal (IGM/CFA) em Aracaju. Através do Conselho Regional de Administração de Sergipe (CRA-SE), o Conselho Federal de Administração (CFA) esteve na capital sergipana para explicar à sociedade os dados presentes no IGM em cerimônia realizada em uma audiência pública presidida pelo deputado Georgeo Passos, na Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe.

 

 

Representando o CFA, estiveram presentes na cerimônia o Vice-Presidente, Adm. Carlos Henrique, a Vice-Diretora da Câmara de Gestão Pública (CGP), Adm. Norma Sueli, e o colaborador da CGP, Adm. Cássio de Mattos. Os representantes do CFA se juntaram ao presidente do CRA-SE, Adm. Sídney Vasconcelos, e demais conselheiros regionais.

 

 

O Vice-Presidente Adm. Carlos Henrique fala que o CFA vai muito além da função de fiscalizar, ele também contribui com a sociedade a partir do momento que desenvolve índices como o IGM. “Ele (o índice) traz uma contribuição muito importante não só para o gestor, que pode se avaliar, comparar com outros municípios e verificar o que pode ser melhorado, mas também para o cidadão, que pode usar essa ferramenta para também analisar e escolher melhor seus representantes”, explicou o Vice-Presidente.

 

 

O presidente do CRA-SE, Sídney Vasconcelos, acredita que o IGM é uma ferramenta que deve ser cada vez mais explorada. “É um momento importante para a gente tornar isso público, mostrar para a sociedade essa ferramenta dinâmica, disponível para qualquer pessoa acessar e que contém dados de muita relevância”, falou.

 

 

No ranking sergipano do IGM, a capital sergipana Aracaju encontra-se em primeiro lugar e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Turismo, Jorge Santana, e falou sobre suas impressões a respeito do índice. “Esses índices municipais são muito importantes. Eles servem para a sociedade entender a qualidade da gestão pública da sua cidade, mas serve também para que o gestor público tenha um balizador e possa fazer comparações e identificar áreas onde precise melhorar a gestão. E essa compilação que o CFA faz eu considero de grande significado”, explicou.

 

 

O presidente da audiência pública, o deputado Georgeo Passos, parabenizou o CFA. “Esse Índice é uma ferramenta de transparência, uma prestação de serviço à sociedade. Que cada vez mais tenhamos formas de auxiliar os gestores do país, ainda mais no momento em que o Brasil vive”, falou.

 

 

Fala, cidadão

 

Ana Manuelly marcou presença na audiência pública como cidadã e agradece ao CFA pela criação do IGM. “É um instrumento de controle, nós  – como sociedade – podemos não só acompanhar o que está sendo feito como também seremos legítimos em nossas cobranças.

 

Para mais informações sobre o IGM, acesse o site.

registrado em:
Publicações